This website is best viewed with CSS and JavaScript enabled.

Filho do Bispo é deportado dos EUA para El Salvador, onde teme por sua vida

Posted on: February 11, 2020 2:57 PM
A Reverenda Irma de Alvarado e o Bispo David Alvarado, da Igreja Episcopal Anglicana em El Salvador, mostram uma foto do filho Josue Alvarado Guerra, que foi deportado para El Salvador pelas autoridades americanas após ter-lhe sido negado o pedido de asilo.
Photo Credit: Jose Cabezas / Reuters
Related Categories:

[Episcopal News Service, por Edgar Millard] O filho do Bispo anglicano de El Salvador, que fugiu para os Estados Unidos depois de ter sido sequestrado e ameaçado em seu país de origem, foi deportado de volta pelos EUA, segundo seu pai. Josue Alvarado Guerra, 34, foi detido pelo Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE, pos sua sigla em inglês) depois de ter um pneu furado em Ohio em novembro, quando a polícia descobriu que ele não possuía os documentos de imigração adequados. Alvarado Guerra apresentou um pedido de asilo, mas foi negado e ele foi enviado de volta a El Salvador em 28 de janeiro.

O Bispo David Alvarado, da Diocese de El Salvador, que faz parte da Igreja Anglicana da América Central, disse que seu filho teve que fugir de El Salvador porque sua vida estava em perigo. Ele trabalhava como motorista de táxi em Colón, a noroeste de San Salvador, uma das cidades mais perigosas de um país com a maior taxa de homicídios do mundo. Josue Alvarado Guerra foi “ameaçado, sequestrado e perseguido por uma das maiores gangues que operam no país” e forçado a conduzi-los, segundo seu pai.

Em uma carta ao Bispo de Ohio, Mark Hollingsworth Jr e a outros que ofereceram apoio, cujo escritório é compartilhado com o Episcopal News Service (ENS), Alvarado expressou uma combinação de medo, gratidão e felicidade no retorno de seu filho a El Salvador. Ele acrescentou que o perigo para a vida de seu filho é tão grande que ele ainda está tentando fazer arranjos para ele morar em outro país.

“Agradecemos ao Deus da vida por nos permitir ter Josue de volta em nossa casa e compartilhar com ele as experiências difíceis que ele viveu na prisão”, escreveu Alvarado. “Josue definitivamente não pode estar seguro em nenhum lugar de El Salvador, tememos por sua vida. . . Queremos continuar com os planos para tirá-lo do país o mais rápido possível.”

Alvarado disse que sua família está solicitando asilo para seu filho no Canadá e entrou em contato com Charles Robertson, Cônego do Bispo Presidente do Ministério Fora da Igreja Episcopal com sede nos EUA. No entanto, Robertson disse ao ENS que Alvarado Guerra enfrenta uma batalha difícil na busca de asilo no Canadá, depois de lhe ser negado nos EUA.

Alvarado também está examinando a possibilidade de obter um visto de missionário para o filho fazer algum trabalho de reconstrução nas Bahamas. Embora possa ser mais fácil para Alvarado Guerra se mudar para outro país da América Central, “a situação de insegurança é a mesma que a de nosso país”, disse Alvarado.

“Sabemos que há uma grande lista de amigos que deram apoio espiritual e pastoral ao nosso filho”, escreveu Alvarado. “Somos totalmente gratos por tudo o que fizeram e pedimos que continuem nos apoiando para colocar [Josue] em um lugar seguro.”