This website is best viewed with CSS and JavaScript enabled.

A Igreja Anglicana na Austrália responde à crise dos incêndios florestais

Posted on: January 14, 2020 12:19 PM
Plus tôt ce mois-ci, un résident utilise un tuyau d’arrosage pour humidifier sa maison alors que les vents violents poussent la fumée et les cendres du feu de Currowan vers Nowra, dans l’État de Nouvelle-Galles du Sud.
Photo Credit: Tracey Nearmy (Reuters)
Related Categories:

[ACNS, por Lucy Cowpland] A Igreja Anglicana da Austrália está respondendo à crise dos incêndios florestais com palavras e ações buscando proporcionar alívio ao país. Pelo menos 25 pessoas morreram desde setembro devido aos incêndios e mais de 63.000 quilômetros quadrados de mata, florestas e parques foram queimados.

Quase 2000 casas foram destruídas e inúmeros animais selvagens foram mortos. Os incêndios foram agravados pelas temperaturas de 40 graus Celsius e pelos ventos fortes, o que causa dificuldades para os bombeiros. Analistas calculam que a crise possa custar AUD $ 20 bilhões (aproximadamente £ 10,5 bilhões de libras esterlinas) à economia australiana em produção perdida.

Em 7 de janeiro o Melbourne Anglican Foundation Trust abriu uma conta para ajuda de emergência aos afetados pelos incêndios florestais como uma maneira prática de as comunidades responderem ao desastre que se alastrou pela Austrália nos últimos meses.

Doações feitas ao Fundo serão direcionadas aos necessitados em consulta com os(as) bispos(as) das dioceses vitorianas afetadas.

O Bispo de Canberra e Goulburn divulgou uma carta pastoral na qual elogiou as equipes de resposta a desastres da Anglicare por seu trabalho nos centros de emergências e as igrejas por abrirem suas portas para proporcionar espaços de reflexão e refúgio.

O Bispo de Gippsland também divulgou uma Carta Pastoral na qual afirma: “Nos comprometemos a fornecer assistência sustentada trabalhando dentro e fora de nossas igrejas com pessoas de boa vontade para apoiar as pessoas mais afetadas pelos incêndios e suas consequências, e para reconstruir onde se perdeu a esperança.”

A Diocese Anglicana de Melbourne incluiu um texto de oração em sua página web que diz:

Todas as coisas olham para ti, ó Senhor,
para lhes dar comida no tempo certo.
Olha com misericórdia para o teu povo,
e ouve a nossa oração por aqueles cujas vidas
e posses são ameaçadas pelo fogo.
Dá proteção e sabedoria aos bombeiros e
a todo pessoal do serviço de emergência.
Incentiva nossa generosidade em favor daqueles que sofrem perdas.
Em tua misericórdia, restaura a criação e cura a nossa terra.
Guia e abençoa o teu povo,
para que possamos desfrutar dos frutos da terra
e agradecer com corações agradecidos,
Através de nosso Senhor Jesus Cristo.
Amém

A resposta global concentrou-se em conversações sobre mudanças climáticas. O ano passado foi o ano mais quente e seco já registrado na história da Austrália.

Os Anglicanos Verdes, a Rede Ambiental da Comunhão Anglicana, têm sido muito enfáticos ao pedir ações contra as mudanças climáticas, particularmente em relação aos incêndios na Austrália. Eles publicaram uma oração pela Austrália em seu site, que inclui as seguintes preces: “Neste mundo de mudanças climáticas ocorridas e por ocorrer, ó Deus, nós pedimos que Tu nos ajudes a ajudar aqueles que estão em perigo imediato” e “nos chames para nos arrependermos por todas as maneiras pelas quais continuamos a fazer deste mundo um lugar de morte, e não de vida.