This website is best viewed with CSS and JavaScript enabled.

Notícias da Semana do Anglican Communion News Service - 5 de diciembre de 2019

Posted on: December 6, 2019 11:09 AM
Related Categories:

Anunciado novo Bispo da Maurícia

O novo bispo da Maurícia é Ven Joseph Sténio André, atualmente Arquidiácono da Maurícia. Ele substituirá o Bispo Ian Ernest, que se mudou para ser o Diretor do Centro Anglicano em Roma.

Joseph Sténio André foi eleito nas eleições episcopais de 30 de novembro na Igreja de São Clemente em Curepipe.

O Bispo-eleito nasceu em Rodrigues em 1960 e foi treinado para o ministério no Colégio Teológico de São Paulo, nas Maurícias, e no Westhill College em Birmingham.

Foi ordenado diácono em Rodrigues em 1983 e sacerdote no Reino Unido em 1985 pelo Bispo de Southwark. Serviu nas Seychelles de 1987 a 1989 e depois retornou às Maurícias, onde serviu como pároco na Catedral de St James. Foi nomeado Arquidiácono em 2009 e serviu como tal até 2016, quando foi transferido para St Paul's, em Vacoas.

Joseph Sténio André atuou por muitos anos na Junta de Comissários Diocesanos e também como diretor escolar. Ele tem sido ativo na esfera ecumênica. Atualmente, é também capelão honorário da Missão aos Marítimos e trabalha como tradutor da Bíblia para crioulo.

Ele é casado com Marie Laurance Agathe. O casal tem um filho.

A data de sua consagração ainda não foi anunciada.

 

Igreja celebra inauguração de Angola como nova diocese Anglicana

Angola foi oficialmente inaugurada como uma nova diocese Anglicana nesta semana, após 16 anos como diocese missionária e mais de 40 anos de guerra.

O Primaz da África Austral, Arcebispo Thabo Makgoba, liderou o culto especial de inauguração e também instalou o Bispo André Soares como Bispo de Angola.

O Arcebispo disse que foi um evento inspirador: “Que experiência enriquecedora, que tempos enriquecedores. Que alegria! Inauguramos uma diocese de pleno direito e instalamos o Bispo André como diocesano.”

Apoiadores de dioceses e organizações parceiras participaram da cerimônia, que incluiu uma bênção do terreno da igreja em Luanda onde será construída uma nova Catedral Anglicana. O Arcebispo abençoou os limites do terreno, instalou sua pedra fundamental e nomeou a Catedral de Santo André Apóstolo no dia de Santo André. O solo do local será levado à Diocese de Londres, parceira da Diocese de Angola.

Após anos de guerra civil em Angola, iniciada em 1975, os combates acabaram em 2002 e a Igreja Anglicana tem sido um elemento fundamental para ajudar a reconstruir a infraestrutura destruída do país.

A Igreja da Província da África Austral (CPSA) iniciou planos para estabelecer uma nova diocese no país devastado pela guerra em 1995, quando o sínodo provincial da Igreja adotou uma resolução para criar uma diocese missionária em Angola.

A CPSA e outros parceiros, incluindo o USPG, a Manna e a ALMA (Angola London Mozambique Association) da Diocese de Londres, forneceram recursos para auxiliar projetos da igreja desenvolvidos para combater o HIV, treinar clérigos e reconstruir igrejas, clínicas e escolas.

O novo Bispo de Angola, André Soares, disse: “A Igreja Anglicana está trabalhando em todas as áreas de Angola, e damos graças a Deus por nos ter dado a oportunidade de desenvolver o país.”

André Soares nasceu em Angola em 1956, mas teve que fugir com sua família para a República Democrática do Congo quando a guerra eclodiu em 1962. Depois de estudar com Alexandre Luís Domingos, que mais tarde se tornou o primeiro Delegado Episcopal da Igreja Anglicana em Angola, André Soares foi finalmente ordenado sacerdote em 1991. Aos 35 anos, ele era o padre mais jovem, e o Bispo o apelidou de ‘caçula’. Ele é casado com Janete João e eles têm seis filhos e duas filhas.

Ele disse: “Eu continuei o trabalho, determinado a superar os problemas de um país dilacerado por 40 anos de guerra... Graças a Deus, a igreja hoje é uma diocese de pleno direito.”

Um membro do clero, Maria Domingos, cujo treinamento de ordenação foi apoiado pelo USPG, disse que a Província da África Austral ajudou oferecendo treinamento sobre o crescimento da igreja.

Ela disse: “Este é um desafio significativo que exigiu muito trabalho e dedicação, tanto por parte de padres locais como de grupos evangelistas locais, muitas vezes trabalhando em áreas remotas sem transporte. Mas temos visto crescimento, com a criação de muitas novas congregações.”

Apesar das dificuldades, da pobreza e dos muitos desafios de saúde, incluindo malária, HIV/AIDS e tuberculose, ela disse que a igreja está mantendo seu foco: “agora temos congregações em áreas onde a igreja não existia antes. Há esperança."

 

Anglicanos da Nova Zelândia aproximam crianças do Natal na praia

Bonecos de neve e árvores de Natal foram substituídos por desenhos com temas florais e de praia para ajudar crianças e famílias a se envolverem com o Advento nas paróquias anglicanas da Nova Zelândia.

As ilustrações do ‘Kiwi Advent’ foram projetadas para ajudar a guiar crianças e famílias durante as quatro semanas do Advento, usando temas de amor, paz, alegria e esperança nos domingos que antecedem o Natal.

Diana Langdon e Annelies Berends, que fazem parte do Anglican Strandz, um hub de sites voltados para o ministério de crianças e famílias, produzem recursos projetados para incentivar, equipar, provisionar com recursos e treinar todos aqueles que trabalham com crianças.

“Essas ilustrações do Advento de Aotearoa (Nova Zelândia) foram projetadas para serem úteis para qualquer pessoa e para todos”, disse Diana. Ela afirmou ainda que as folhas para colorir captam imagens sazonais de Aotearoa (Nova Zelândia), desde a flora nativa até o verão na praia:

“Esperamos que sejam apreciadas por famílias, igrejas e 'messy churches' (atividade lúdica comum em certas igrejas para crianças) como parte dos pacotes de boas-vindas para crianças neste Natal ou por qualquer pessoa que esteja prestando serviços de reflexão em que uma atividade de coloração contemplativa pode ser uma boa pedida – desde cultos em casas de repouso a eventos de Natal da comunidade.”

As Ilustrações do Advento também podem ser impressas como pôsteres de larga escala para uso como projeto colaborativo em grupos multi-faixa etária. As imagens para download podem ser compartilhadas sob licença Creative Commons quando creditadas a Annelies Berends e ao Strandz.

As novas ilustrações complementam os diversos recursos de Advento e de Natal no site de ministério Strandz Children and Families. Além delas, o site oferece ainda calendários e vídeos do Advento, recursos para serviços intergeracionais de Advento e de Natal, estações de oração e velas de oração do Advento, e também uma série de ideias para as famílias trabalharem a jornada para o Natal em casa.