This website is best viewed with CSS and JavaScript enabled, alternatively you can use the low bandwidth version.

A Rede Lusófona trabalha para um Dia de Oração anual em toda a Comunhão Anglicana

Posted on: November 30, 2017 4:57 PM
Alguns dos membros da Rede Lusófona durante a reunião no Porto.

This article is also available in English.

Delegadas e delegados que participaram no encontro da Rede Lusófona da Comunhão Anglicana em Porto, Portugal este novembro acordaram mutuamente em focar o trabalho em 4 áreas de missão. E eles propõe criar um Dia de Oração para a Rede Lusófona para que toda a Comunhão participe – será no último domingo do ano litúrgico, a Festa do Cristo Rei.

A Rede vai concentrar suas energias no fortalecimento da Educação Teológica, desenvolvimento transformativo e cuidado com a criação, apoio às mulheres e jovens e comunicação.

O coordenador da Rede – dom Jorge Pina Cabral, disse que “nós agora estamos formalmente estabelecidos como Rede dentro da Comunhão Anglicana e este é o tempo (kairós) para cimentar nosso trabalho em comum nessas áreas e avançarmos como família. Há muitas oportunidades para a missão a nossa frente. Juntas e juntos nós podemos ser mais proféticas/os e ter uma voz mais forte junto ao nosso povo e em sua defesa. Nós agora precisamos desenvolver melhor nosso trabalho em relação a Educação Teológica para ajudar nossas igrejas a lidarem com os desafios que vem dos nossos contextos”.

Durante os seis dias de conferência, foram ouvidas partilhas das diferentes dioceses que compõe a rede de Angola, Brasil, Moçambique e Portugal, bem como alguns detalhes do trabalho desenvolvido por ALMA, MANNA, USPG e Aliança Anglicana. O Assessor do Arcebispo de Cantuária para os assuntos da Comunhão Anglicana, Dom Anthony Poggo, falou para as participantes do encontro sobre a Comunhão. Reverenda Rachel Mash, do grupo Greens Anglicans, também compartilhou sua visão sobre o meio ambiente, teologia e compromissos com o cuidado da criação.

Bispo Jorge disse que está muito animado com o encontro: “Nós aprendemos muito uns dos outros e umas das outras através de suas histórias e nos tornamos mais próximos, amigos. Nós nos demos conta da diversidade dos contextos nos quais vivemos mas também celebramos a unidade como UM em Cristo. Eu gostaria de agradecer todas as pessoas que vieram e de sua contribuição para o sucesso do evento”.

Em sua apresentação, a delegação brasileira falou sobre seu trabalho de fortalecimento da educação teológica para clérigas/os e pessoas não ordenadas através da educação a distância coordenada pela JUNET – Junta Nacional para a Educação Teológica. Também compartilhou suas dificuldades com a falta de recursos financeiros e outros recursos – fazendo eco a situação de outras igrejas em outras partes da Comunhão, como já foi compartilhado por ACNS na semana passada.

As pessoas que participaram tiveram a oportunidade de visitar alguns dos trabalhos sociais da Igreja em algumas partes de Porto – em particular seu trabalho com crianças e pessoas da “melhor idade”. Algumas pessoas compartilharam como foi inspirador o que eles viram. Elas/es também tiveram a oportunidade de visitar paróquias no domingo para o culto semanal com a comunidade local.

O próximo encontro da Rede será na África em 2021 ou 2022. O lugar exato ainda será confirmado.

This article is also available in English